domingo, 10 de outubro de 2010

Por que sou vegetariana?

À vocês, meus queridos alunos e amigos, que me perguntam sempre por que sou vegetariana.

Quando manifestamos realmente o “ato de amar” em nosso interior, que deve acontecer de forma natural conforme nossa evolução espiritual, já não conseguimos mais ingerir alimentos provindos da matança dos animais.
Tornamo-nos naturalmente incapazes de ferir qualquer ser , por amor.
Quando sentimos que ingerir carne torna-se um ato cruel, então mudaremos automaticamente nossos hábitos alimentares.
Ao respeitarmos nossa própria vida, passamos a respeitar a vida dos demais seres.
Parece bobagem, mas você já viu o quanto a galinha é amorosa com sua prole, debaixo das asas, ou melhor, era amorosa quando era criada a solta, no quintal?
Velhos tempos estes…
Agora, só vemos a galinha morta ou assada na mesa, e comemos com satisfação.
Não dá para não pensar nesta situação.
Quando passamos a pensar assim, já mudamos totalmente. Evoluímos do amor à nossa família para o amor à todas as famílias da face da Terra. É um amor muito maior.
A perda de respeito pela vida resulta em lutas e homicídios e, em escala maior, pode provocar até as guerras.
Podemos viver saudavelmente sem o consumo das proteínas de origem animal. Já está provado cientificamente que o homem não precisa da proteína animal para sobreviver e sim dos aminoácidos, que compõe as proteínas. Estes aminoácidos são encontrados nos grãos como soja, ervilha, lentilha, etc.
A tristeza do animal e as toxinas causadas no momento de sua morte, vão para o sangue e tornam-se tóxicas ao homem, causando doenças como câncer.
Para rompermos com velhos hábitos que vem desde muitas gerações, heranças de pais para filhos, precisamos quebrar paradigmas, ser corajosos.
Devemos vencer a nós mesmos de uma forma natural, voltar os desejos os gostos e as tendências para a mente natural, que ama a natureza e tudo o que ela possui.
Então vamos escutar este “ser sábio” que habita em nosso interior aplaudindo nossas decisões, e a natureza agradece.

Fonte: Bemtefiz
Imagem:Ovocausto
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...