sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Os ventos que às vezes levam algo que amamos...


"Os ventos que às vezes levam algo que amamos, são os mesmos que trazem algo que aprendemos a amar...por isso não chore pelo que foi tirado e sim, ame o que foi dado. Pois, tudo aquilo que é realmente nosso, nunca se vai para sempre..." Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

8 comentários:

Vic disse...

Lindo texto!! Deixei um comentário para vc n0o post anterior.Sinto muito pela sua perda, querida!!

Beijo carinhoso
Vic

Vic disse...

Bom dia,tem postagem nova lá no NOSSOS AMIGOS ANIMAIS, ficarei muito feliz se você for até lá e deixar a sua opinião.
Tenha uma semana produtiva!

Beijo
Vic

Regina Bolico disse...

Oi Vic!
Obrigada pelas lindas palavras. Vou fazer uma visita ao teu blog e terei muito prazer em deixar a minha opinião.
Beijo.

Carlos Roberto disse...

os maus ventos levaram um grande amigo meu em 17/01/2010,até hoje o estrago da ventania na minha vida ainda não passou, a ferida não fecha, sinto muito sua falta, foram 8 anos de convivência diaria, muita dedicação, muito amor, muito carinho, muitas saudades meu amigo Apagão

Regina Bolico disse...

Oi Carlos Roberto!
Eu entendo o que você quer dizer, a dor da perda de um amigo animal é avassaladora. Eu ia trabalhar com os olhos inchados de tanto chorar cada vez que perdia um bichinho meu. Essa gatinha da foto morreu atacada por cachorros e eu tinha adotado bebezinha, ainda com o umbiguinho. Ela tinha sido abandonada junto com dois irmãozinhos. Então, doeu demais quando ela partiu.
Sinto muito pela perda do teu amigo Apagão, só o tempo acalma a saudade.
Obrigada pelo teu comentário.
Um abraço.

Carlos Roberto disse...

cara Regina, vc foi uma das unicas pessoas que no momento mais dificil dos meus ultimos anos, me orientou, me indicou um caminho, mais importante ainda, me ouviu, entendeu meus desabafos, minha raiva pelo que fizeram com meu cão, serei eternamente grato a vc querida Regina

Regina Bolico disse...

Carlos!
Tem pessoas que não entendem como um animal pode ser tão importante para a gente. Só nós sabemos o quanto representa aquele olhar, aquela alegria em nos receber, às vezes os bichinhos quase que falam. E como amam incondicionalmente. Por isso que a perda deles é sofrida para nós, principalmente quando envolvo sofrimento deles antes de morrer. Um novo animal não apaga o que a gente sentia (e sente) pelo que morreu, mas ajuda a superar. Tem muito animal abandonado precisando desesperadamente de cuidados e de amor. Eles retribuem muito mais do que a gente dá para eles.
Um grande abraço e volte sempre que quiser conversar!

Carlos Roberto disse...

cara Regina, obrigado por suas palavras, logo que ocorreu o fato (morte do Cão) não quis nada, estava c muita raiva, agora estou tentando, arrumei um cão de rua, mas como tenho tbem 6 gatos, ele não gostava dos bichanos, e tive que devolver, agora estou tentando uma cadela, tbem de rua, muito judiada, qo chegou começou a atacar os gatos, agora esta melhorando, vamos aguardar. Obrigado pelo seu carinho e sua atenção, parabens pelo seu trabalho