quarta-feira, 30 de julho de 2008

Adeus, minha linda Fefê!


Eu nunca vou te esquecer, minha bebezinha linda. Lembrarei sempre de quando acordava de três em três horas prá te dar mamazinho na seringa e de ti enroscadinha em mim nos dias frios. Os dias ficaram cinzas, volta e meia uma lágrima cai e aquele nó na garganta não se desfaz. O que fazer com tanta saudade?

9 comentários:

Osc@r Luiz disse...

Me solidarizo ao seu pesar.
Essas coisinhas lindas deixam mesmo tanta saudade, não é mesmo?
Você já visitou o "Canto dos Gatos", um dos blogs da minha amiga Nina Victor?
Está linkado aos meus e é muito bacana...
Beijão!

Regina Bolico disse...

Obrigada, Oscar!
Vou visitar o "Canto dos Gatos".
Beijo.

Tamara L. Allgäuer de Melo disse...

Mas o que aconteceu?
Elas morreram?
Tamara.

Regina Bolico disse...

Oi Tamara!
Obrigada pela visita.
Esses dois irmãozinhos foram abandonados recém-nascidos, ainda com o umbiguinho. Amamentei-os na seringa com um leite especial, mas duvidava que sobrevivesse, mas conseguimos.
Dia 17 de julho, enquanto eu trabalhava, ela (com manchas cinzas) foi atacada e morta por uma cadelinha de casa, acostumada com gatos. Eu nunca vou conseguir entender o que aconteceu, só dói muito ver minha bebezinha crescer e depois ser brutalmente morta. Agora ficou o machinho, o Bebê.
Obrigada por teu interesse.

Tamara L. Allgäuer de Melo disse...

Regina, sinto muuuuito o que aconteceu... nossa, como lamento.
Acalme seu coração, com certeza seu Anjo da Guarda, possibilitou que ela sentisse nada de dor, acredite.
Essas coisas as vezes acontecem...
Fique bem.
Obrigada pela atenção e sinceridade.
Tamara.

Vic disse...

Que triste Regina.Perder um amigo dói muito, sei bem o que é isso...
O único alento é saber que nossos anjinhos estão bem ao lado de São Francisco de Assis, e acredio mesmo que um dia nos os encontraremos novamente.
Muita força e muita luz para vc.

Beijo carinhoso
Vic

Regina Bolico disse...

Oi Vic!
Eu também acredito que um dia vamos nos encontrar com aqueles que amamos, humanos e animais.
Obrigada pelas palavras.

Nina Victor disse...

Puxa vida, Regina, fiquei muito triste a morte da gatinha... imagino a sua dor!
Quero agradecer sua visita ao Canto dos Gatos e dizer que gostei muito do seu espaço. Todos os animais merecem todo nosso respeito e amor.
Beijo e muito prazer em conhecê-la!

Regina Bolico disse...

Oi Nina!
Obrigada pela visita, também gostei muito do teu espaço, que foi indicado pelo nosso amigo Oscar.
Bem, lembrar da minha gatinha me dá um nó na garganta. Parece loucura, mas em alguns momentos que o irmãozinho dela tá comigo agarradinho ele parece ficar acompanhando com os olhos alguma coisa que eu não enxergo.
Eu tenho a impressão que ela ainda está comigo.
Beijo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...