quinta-feira, 26 de junho de 2008

Guia de Primeiros Socorros para Cães e Gatos

MEDIDAS GERAIS: ANALISAR SE O CASO É DE EMERGÊNCIA OU URGÊNCIA.

Emergência: Requer medidas imediatas das quais a vida do animal irá depender .
Exemplo: hemorragias, parada cardíaca e/ou respiratória, atropelamentos, envenenamentos, choques elétricos, afogamento, inalação de fumaça nos incêndios,etc..

Urgência: São casos de menor gravidade, mas que devem ser socorridos a tempo para que o animal não tenha complicações mais graves.
Exemplo: vômitos ou diarréias intensos, piometra (infecção uterina nas cadelas), ausência de urina por mais de 24hs, convulsões e outros.

SEJA QUAL FOR O CASO, PROCURAR MANTER A CALMA.
Em desespero, o proprietário pode cometer erros ou não conseguir colocar em prática uma medida simples, mas importante.

SEMPRE ANALISAR SE O ANIMAL ENTROU EM ESTADO DE CHOQUE.
Este estado significa um deficiente suprimento de sangue para os órgãos vitais e pode ser fatal.

Estado de Choque
Parada Cardíaca e/ou Pulmonar
Hemorragias
Cortes Profundos
Choques Elétricos
Queimaduras
Vômitos e Diarréias
Ataques Epiléticos
Picadas de Cobra
Fonte: http://www.pea.org.br/cuidados/primeiros_socorros.htm
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...